Home / Soltando Farpas / Caso Sheherazade é a ponta do iceberg

Caso Sheherazade é a ponta do iceberg

Essa podridão toda…

Essa violência contra o processo democrático impetrado pelo PT e pelo Governo Federal contra Raquel Sheherazade e o SBT configuram, de forma escancarada, o uso da máquina governamental em favor de uma facção ideológica e seus interesses e, sanha de poder hegemônico, a do PT.

Isto, por si só, já justificaria, até, o impeachment da Sra. Dilma, uma vez que fere, absoluta e absurdamente, o Estado Democrático de Direito.

Apenas para relembrar a memória da geral, o Governo Federal ameaçou ilegalmente com corte de verbas e perda de concessão o SBT, caso Raquel Sheherazade continuasse emitindo suas opiniões.

Mas a lavagem cerebral dessa esquerda suja brasileira domina os meios de comunicação, o meio acadêmico e os formadores de opinião de uma forma geral e consegue transformar em réu, pra opinião pública em geral, a jornalista opinativa que fala duro, não importando a quem doa.

Vivemos a institucionalização do bundamolismo, em um nível tal que ninguém critica o establishment cultural e ideológico doutrinário a que somos submetidos.

rachel-sheherazade-apresentadora-do-sbt-brasil-posa-na-bancada-1389554763870_956x500E não basta apenas defender Raquel Sheherazade e o SBT pelo cerceamento do direito à livre imprensa e à livre opinião. Devemos imputar a real culpa, a quem de direito seja, pela “caça as bruxas” aos contrários à situação: a cúpula petista e a presidência da República na figura da Sra. Dilma Rousseff.

Corremos, na atualidade, o sério risco de estarmos caminhando pra uma ditadura petista (se é que já não estamos nela…!?!?!?) nos moldes populistas venezuelanos, caso a sociedade organizada continue deitada em berço esplêndido coçando suas panças, enquanto o PT se utiliza de meios espúrios, subterrâneos, inconstitucionais, antidemocráticos pra limpar do cenário político e de opinião pública quem quer que se levante contra suas canalhices, falcatruas e sordidez.

Compactuar com o PT nessa sua atual caminhada sombria é ser cego, se passar por tal ou ser mau-caráter.

 

Sobre Rogério Portela

Rogério Portela é nascido em São Paulo, casado,pai babão, geógrafo, professor, cinéfilo, músico guitarrista amador, judoca, ex-escoteiro, ex-colecionador de quadrinhos, fã de música (boa) principalmente rock n' roll, leitor contumaz de filosofia, sociologia e temas que botem em cheque nossas certezas ou a falta delas.

Veja também:

Eu digo não à sexualização de nossas crianças

Paulo Guiraldelli publicou em 24/04/2014 uma matéria em seu site pessoal com o título “Sexo …