Home / Palhetadas / David Gilmour: Live in Pompeii – Prepare o seu coração!
David Gilmour

David Gilmour: Live in Pompeii – Prepare o seu coração!

Por apenas uma noite, 13 de Setembro de 2017, mais de 2 mil cinemas em todo o mundo exibirão o histórico filme-concerto de David Gilmour, David Gilmourguitarrista, saxofonista, compositor e cantor, vocalista da banda inglesa Pink Floyd e considerado um dos maiores músicos de todos os tempos.

A grande procura para a sessão única de “David Gilmour: Live in Pompeii” fez com que a rede UCI abrisse mais salas e, agora, a superprodução será exibida em 90 telas de cinema de todo o Brasil, incluindo algumas salas UCI XPLUS, com som de alta definição em 360° Dolby Atmos.

O show marca o retorno do guitarrista a Pompeia, na Itália, onde em 1971 ele gravou o clássico “Pink Floyd Live At Pompeii”.

Com 125 minutos de duração, o espetáculo audiovisual conta com imagens inseridas especialmente para o show, incluindo lasers e pirotecnias que acompanham as músicas.

No repertório, títulos dos seus dois álbuns mais recentes: “Rattle That Lock” e “On An Island” , e clássicos do Pink Floyd, como “Wish You Were Here” , “Comfortably Numb” e “One of These Days”, a única música que também foi apresentada no show do Pink Floyd em 1971. Um dos pontos altos do show é “The Great Gig In The Sky” , do álbum “The Dark Side Of The Moon”, que ele raramente toca.

Depois do show do Pink Floyd em 1971, David Gilmour foi o único artista a se apresentar no anfiteatro, construção épica e palco de lutas de gladiadores na Roma Antiga.

David Gilmour: Live In Pompeii” constitui os melhores destaques dos dois shows, filmados em 4K pelo diretor Gavin Elder. Esse tipo de projeção gera uma imagem com muito mais brilho, nitidez e profundidade.

Foi uma experiência incrível. O mais engraçado foi a vontade que tive de interagir e de estar lá no meio daquela gente toda, quase mergulhei na tela.

Tive o privilégio de poder assistir numa sala UCI XPLUS, além da tela ser gigante e projetar em 4K, as caixas acústicas são posicionadas de uma maneira incrível, que torna perfeita a distribuição dos canais. Faz com que a percepção do som seja a mais realista possível. São mais de 54 alto-falantes, que cria a ilusão de um campo infinito ao seu redor, você se sente no show.

Uma pena ser uma única apresentação.

Espero que todos os fãs do Pink Floyd tenha o privilégio de ir ao cinema e poder viver esse momento incrível.

Vale cada centavo. Vale cada momento. Vale cada minuto. Vale totalmente o seu tempo!

Sobre Rosana Moreira

Cineasta formada pela Academia Internacional de Cinema. Produtora desde 2008, dirigiu o curta metragem "4:23" em 2016, "Dissonantes" em 2017. Fez assistência de direção no curta metragem "Olhos Vivos" direção de Kayo Perez (2016), Produziu o curta metragem "Sueli" direção de Christian Monassa (2016) e produziu o filme "W'arana" direção de Christian Monassa - rodado em 2017 na Amazônia.

Veja também:

Lollapalooza 2015 – Que ronquem os amplificadores

Nesses tempos onde fãs de automobilismo reclamam da falta de barulho produzido pelos novos motores …