Home / Tralhas Úteis / O que é Teosofia?

O que é Teosofia?

teosofia-antiguaSempre tive curiosidade sobre as mais diversas religiões e doutrinas, buscando sempre conhecer um pouco de cada uma, para, então, finalmente escolher que caminho seguir. Entretanto, diversas crenças me chamam a atenção impossibilitando-me a escolha de apenas uma.

Para um trabalho da escola no qual eu deveria escrever a biografia de alguém que tenha colaborado com algo para o mundo, me deparei com uma personalidade interessante, porém pouco convencional:  Helena Blavatsky.

Esta estranha mulher, de nacionalidade russa, era uma ocultista e médium de notável conhecimento do mundo esotérico. Apesar da curiosa jornada de Blavatsky, hoje irei apresentá-los sua obra-prima: a Teosofia.

Mas… O que é Teosofia?

Do grego THEOS (Deus) + SOPHOS (sabedoria) = Sabedoria Divina

“A Teosofia é um corpo de conhecimento que sintetiza Filosofia, Religião e Ciência. Embora essa afirmação não seja reconhecida universalmente, mas apenas por simpatizantes do ocultismo, pois creem que tanto hoje como na antiguidade, a Teosofia se constitui na sabedoria universal e eterna presente nas grandes religiões, filosofias e nas principais ciências da humanidade.

A teosofia foi apresentada ao mundo moderno por Helena Blavatsky e por Henry Olcott, no final do século XIX, e desde então vem sendo divulgada por teosofistas em diversos países . A teosofia proporciona uma ponte entre as diversas culturas e tradições religiosas. Busca da sabedoria não apenas pela crença, mas também pela investigação direta da Verdade manifesta na natureza e no homem.”

Influências:

Quando Blavatsky lançou o movimento teosófico no séc. XIX, valeu-se de uma grande quantidade de elementos do Hinduísmo. Apesar de ter popularizado o conceito oriental de reencarnação, a teosofia não é definida como uma filosofia oriental e hindu apenas, é composta também por TaoísmoBudismoCabalaGnoseHermetismoCristianismo, entre outros.

Helena-Blavatsky-c.1889Objetivos da Sociedade Teosófica:

  1. Formar um núcleo de Fraternidade Universal da Humanidade sem distinção de raça, sexo, credo, casta ou cor.
  2. Encorajar o estudo comparativo das religiões, filosofias e ciências.
  3. Investigar as leis inexplicadas da natureza e os poderes latentes do homem.

A Sociedade Teosófica era uma sociedade secreta, onde os estudos e conhecimentos eram revelados apenas aos membros atuantes. O antroposofista Rudolf Steiner (criador da pedagogia alemã Waldorf) fazia parte da sociedade, entretanto, acabou revelando ao mundo alguns dos estudos secretos. Aos poucos, a sociedade foi se tornando conhecida e alistando cada vez mais membros e simpatizantes.

Particularmente, gosto muito dos objetivos e conhecimentos teosóficos, principalmente pelo fato de ter feito a biografia de sua criadora. Realmente é uma história muito interessante e curiosa que vale a pena ser aprofundada. Existem muitos livros em português sobre o assunto, para quem se interessar.

Além de criar a Sociedade Teosófica, Madame Blavatsky teve uma vida tumultuada, mas incrível, repleta de acontecimentos um tanto sobrenaturais. Pretendo fazer um post sobre sua história em breve.

É isso, pessoal! Espero que tenham gostado. Você conhece a Teosofia? Se simpatiza com ela? Comente!

Sobre Bianca Lana

Apaixonada por religiões, culturas e gente. Aos 17 anos, ainda não sabe se quer ser atriz ou artista plástica. Através da escrita, da música, da arte e do teatro, tenta dar algum sentido à sua juventude que parece apenas um atraso para as metas da vida.

Veja também:

Dolan: O Cineasta Prodígio

Não sei se já comentei com vocês sobre meu atual vício em filmes franceses. Devido …