Home / Cultura e Entretenimento / Resident Evil Afterlife é pior que zumbi vegetariano

Resident Evil Afterlife é pior que zumbi vegetariano

Resident Evil AfterlifeNum começo de noite de um domingo qualquer bateu aquela vontade de ver um filminho. Queria muito assistir Seven em Blu-ray, mas como meu amigo estava com o Steelbook de Resident Evil Afterlife na mão, doido pra assistir, resolvi dar uma chance, pois a trilogia Resident Evil nos cinemas (apesar de não ser nada fiel aos jogos) garante certa diversão.

Mal sabia eu que meu cérebro estava prestes a ser devorado por zumbis.

RE Afterlife é seguramente um dos piores filmes que assisti nos últimos tempos. É incrível a quantidade de falhas de continuidade (como mulheres vestindo trapos e aparecendo lindas e maquiadas na cena seguinte, em um mundo totalmente devastado por zumbis), os clichés absurdos (a cena inicial do filme é a cópia mais descarada de Matrix que já vi), a história sem nenhuma profundidade, as cenas de ação pífias e, em especial, o uso abusivo de câmeras lentas.  É simplesmente IRRITANTE a quantidade de vezes que este recurso é utilizado de forma totalmente desnecessária, somente para causar uma sensação que não é mais novidade nos cinemas há pelo menos doze anos. O filme já é curto (tem cerca de uma hora e meia), e arrisco dizer que teria metade do tempo se fosse filmado normalmente.

Para não dizer que tudo no filme é ruim, vale ressaltar o visual de Albert Wesker. Shawn Roberts foi uma escolha acertada para o papel, o figurino está perfeito e nos dá a impressão de estar vendo o mesmo Wesker retratado nos games.

Mas isso é muito pouco para salvar Resident Evil Afterlife. O filme é péssimo, de longe o pior da franquia e joga no lixo toda a essência de horror, mistério e tensão que sentimos jogando a franquia da Capcom.

É, eu realmente deveria ter visto Seven.

NOTAS

Nota 0 para Resident Evil Afterlife e suas câmeras lentas irritantes.

Nota 10 para o visual de Albert Wesker e para o belo Steelbook alemão. Vai ficar ótimo como enfeite na prateleira.

Lista de Posts recentes:

[PTP]posts[/PTP]

Mal sabia eu que meu cérebro estava prestes a ser devorado por zumbis.

RE Afterlife é seguramente um dos piores filmes que assisti nos últimos tempos. É incrível a quantidade de falhas de continuidade (como mulheres vestindo trapos e aparecendo lindas e maquiadas na cena seguinte, em um mundo totalmente devastado por zumbis), os clichés absurdos (a cena inicial do filme é a cópia mais descarada de Matrix que já vi), a história sem nenhuma profundidade, as cenas de ação pífias e, em especial, o uso abusivo de câmeras lentas.É simplesmente IRRITANTE a quantidade de vezes que este recurso é utilizado de forma totalmente desnecessária, somente para causar uma sensação que não é mais novidade nos cinemas há pelo menos doze anos. O filme já é curto (tem cerca de uma hora e meia), e arrisco dizer que teria metade do tempo se fosse filmado normalmente.

Para não dizer que tudo no filme é ruim, vale ressaltar o visual de Albert Wesker. Shawn Roberts foi uma escolha acertada para o papel, o figuro está perfeito e nos dá a impressão de estar vendo o mesmo Wesker retratado nos games.

Mas isso é muito pouco para salvar Resident Evil Afterlife. O filme é péssimo, de longe o pior da franquia e joga no lixo toda a essência de horror, mistério e tensão que sentimos jogando a franquia da Capcom.

É, eu realmente deveria ter visto Seven.

NOTAS

Nota 0 para Resident Evil Afterlife e suas câmeras lentas irritantes.

Nota 10 para o visual de Albert Wesker e para o belo Steelbook alemão. Vai ficar ótimo como enfeite na prateleira.

Sobre aleromero

Veja também:

Experiência Alice

Venha mergulhar com a gente na exposição Experiência Alice

Está aberta ao público a exposição Experiência Alice no Shopping JK Iguatemi e tivemos a oportunidade de conferir com antecedência o que está por vir.