Home / Cultura e Entretenimento / Snyder em câmera lenta e chutando bundas

Snyder em câmera lenta e chutando bundas


Zack Snyder. Ex-diretor de comerciais. Visionário. Gênio?….quem sabe.

Snyder teve a primeira chance em mostrar seu talento no remake de Madrugada dos Mortos.  E olha, há quem diga que ficou melhor que o original.

Após o sucesso desse filme chamaram-no para realizar uma das obras máximas de Frank Miller, 300.  Ele mostrou ao mundo como se faz um excelente filme de ação. As jogadas de câmera lenta são magníficas nas várias sequências de batalhas.

E aí veio Watchmen. Adaptação dos quadrinhos de Alan Moore. Um filme que levou anos para sair do papel, passando na mão de várias pessoas. Quase não viu a luz do dia numa disputa entre dois estúdios cinematográficos. E ao final, passaram o cajado e a responsabilidade para Snyder trazer essa história à tela. Nesse momento já começaram a chamá-lo de Visionário e todo mundo esperava um espetáculo de filme.

O que se viu foram críticos e público não satisfeitos. Eu particularmente gostei do filme. Mas tenho algumas objeções na alteração em boa parte do roteiro, que modificou e matou pontos importantes da trama. Também começaram a reclamar sobre a câmera lenta. Eu ainda assim não achei nada demais.

Apesar de tudo isso, sua competência como diretor estava intacta.

E aí deram a Snyder uma animação – A Lenda dos Guardiões. Ainda não consegui ver, mas ouvi falar muito bem dele. E até tem câmera lenta neste filme, pelo que sei.

E aí chegamos em Sucker Punch.

Podem falar o que quiserem. Eu gostei. História é fraca? Não achei. Muito bem amarrada. Mulheres Bonitas? Tem várias com trajes minúsculos e apertados, em cenas de ação de tirar o fôlego. E as cenas de ação? Vai dizer que ele usou câmera lenta? Usou pacas. E usou vários outros efeitos de imagem e sequências malucas que só trazem brilho para um filme de ação grandioso. Ainda misturou um monte de referências (games, quadrinhos, steam punk, primeira e segunda guerra, ficção, etc) e criou um Mundo Surreal realmente, como se diz no subtítulo nacional.

A trilha sonora, os efeitos de som, efeitos visuais, estrutura das cenas de ação, garotas carregando armas e atirando melhor que a Princesa Lea e Padmé, são de tirar o fôlego e dá pra considerar como um dos melhores filmes “massa veio” do ano.

Já deve estar saindo de cartaz, mas sei que em São Paulo, no Shopping Bourbon Pompéia ainda está rolando no IMAX. Galera, eu disse IMAX. Esse filme, nessa sala com a tela e som, é o lugar ideal para acompanhar as desventuras de Baby Doll e suas amigas.

Corre antes que saia de cartaz. E Blu-ray futuro recomendado com certeza.

Nota

Nota 10 para Sucker Punch e para as meninas do filme.

Nota 10 para Zack Snyder por trazer sua loucura às telas de cinema. Mas vai descer pra 8 se ele não começar a maneirar nas câmeras lentas. Tudo tem limite. E lembre-se: ele é o diretor do novo Superman no filme Man of Steel com produção de Chris Nolan. Rezemos a Nolan para ele segurar um pouco as peripécias do Snyder. Mas vai saber se essa insanidade não faça bem para o eterno homem de aço. Hein? Comentem aí.

Lista de Posts recentes:

[PTP]posts[/PTP]

Sobre Emerson Lara

Cinéfilo. Colecionador de filmes, séries, quadrinhos, action figures. Fundador e Editor chefe do Central 42.

Veja também:

Natal Iluminado

Natal Iluminado traz espetáculo cultural emocionante

Natal Iluminado promete um emocionante espetáculo que integra projeção mapeada, teatro, dança, circo, música ao vivo e coreografias aéreas.